Preços da maioria dos meios de produção caem na China – Blog da Costura

[ad_1]

Se você quer Ganhar Dinheiro com Costura, clique aqui e veja a história da Solange Pereira!

Os preços da maioria dos bens de capital na China caíram no final de novembro, de acordo com dados oficiais do Departamento Nacional de Estatísticas (DNE) do país. Dos 50 principais bens classificados em nove categorias, 30 registraram queda no preço, 17 tiveram alta e três permaneceram inalterados.

Entre os produtos que tiveram seus preços reduzidos, destacam-se os tubos de aço sem costura, gasolina, carvão, fertilizantes e alguns produtos químicos. Segundo o DNE, o preço do antracito caiu 3,8% no final de novembro em comparação com meados do mesmo mês, enquanto o do coque subiu 7,5%. Já o preço dos porcos caiu 0,7% e o do gás natural liquefeito subiu 7% no mesmo período.

Esses dados são divulgados a cada 10 dias e são baseados em uma pesquisa realizada com quase 2 mil atacadistas e distribuidores em 31 regiões do nível provincial em todo o país.

Essa queda nos preços dos meios de produção é uma boa notícia para a economia chinesa, pois tende a reduzir os custos de produção das empresas, permitindo que elas ofereçam produtos e serviços a preços mais competitivos no mercado global. Isso pode beneficiar não apenas as empresas chinesas, mas também consumidores em outros países que podem se beneficiar de preços mais baixos em produtos importados da China.

Além disso, a redução nos preços dos bens de capital pode estimular o consumo interno na China, pois os produtos finais tendem a ficar mais acessíveis para os consumidores locais.

Essa tendência de queda nos preços dos meios de produção na China pode ser reflexo de diversos fatores, como a eficiência na produção e distribuição, a concorrência no mercado e possíveis políticas governamentais para estimular a economia. Independentemente das razões, a queda nos preços dos meios de produção é um indicativo positivo para a economia chinesa e pode ter impacto positivo em nível global.

Em resumo, a queda nos preços da maioria dos bens de capital na China, conforme apontada pelos dados do Departamento Nacional de Estatísticas, é uma boa notícia para a economia do país e pode ter impacto positivo tanto a nível local quanto global. A redução nos custos de produção tende a beneficiar as empresas, estimular o consumo interno e oferecer produtos mais competitivos no mercado internacional.

[ad_2]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *