Jubileu: Basílica de São Pedro ao lado de refugiados e prisioneiros – Blog da Costura

[ad_1]

Se você quer Ganhar Dinheiro com Costura, clique aqui e veja a história da Solange Pereira!

Em vista do Jubileu de 2025, a Basílica de São Pedro está realizando projetos sociais em colaboração com a Fundação “Casa dello Spirito e delle Arti” e a associação “Seconda Chance”, com o objetivo de ajudar refugiados e prisioneiros. O cardeal Mauro Gambetti explicou que o perdão, a gratuidade e a justiça serão as três diretrizes principais do Jubileu.

Um dos projetos é o “Rosários do Mar”, no qual a Fundação “Casa dello Spirito e delle Arti” está recuperando madeira das barcaças dos traficantes que chegam a Lampedusa para fabricar rosários. Detentos selecionados em instituições penais estão envolvidos na produção das contas e cruzes, enquanto refugiados estão montando os rosários na Fábrica de São Pedro. Os produtos serão vendidos nas lojas da Basílica. Este projeto não apenas oferece uma oportunidade de trabalho para os detentos, mas também permite a evangelização na prisão, pois os jovens visitantes são impressionados com os rosários e começam a fazer perguntas sobre o significado deles.

O outro projeto é a “Seconda Chance”, uma associação que visa a reintegração social dos detentos por meio do trabalho. Eles assinaram um memorando de entendimento com o Departamento de Administração Prisional do Ministério da Justiça da Itália e estão colaborando com empresas para oferecer oportunidades de trabalho para os detentos tanto dentro como fora da prisão.

O cardeal Gambetti enfatizou a importância do trabalho para a reintegração dos prisioneiros na sociedade livre. Ele também destacou a importância de reconhecer a dignidade das pessoas, incluindo aquelas que estão na prisão, e nunca perder de vista sua humanidade. Por isso, o trabalho é uma forma de ajudar os prisioneiros a se reencontrarem e se reconstruírem como pessoas, além de possibilitar que retornem à sociedade como homens novos.

Esses projetos sociais apresentados pela Basílica de São Pedro visam promover valores como perdão, gratuidade, justiça, dignidade e humanidade, em preparação para o Jubileu de 2025. Eles representam uma oportunidade de transformação e de oferecer uma segunda chance para aqueles que não tiveram uma primeira chance na vida.

[ad_2]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *