Agência Minas Gerais | Ações do Governo de Minas impulsionam o artesanato rural e transformam a vida de moradores da comunidade de Maciel, em Ouro Preto – Blog da Costura

[ad_1]

Se você quer Ganhar Dinheiro com Costura, clique aqui e veja a história da Solange Pereira!

As ações do Governo de Minas estão impulsionando o artesanato na comunidade rural de Maciel, em Ouro Preto. Nessa comunidade, as mulheres estão transformando retalhos em arte e conseguindo gerar renda através desse trabalho.

O artesanato tem um papel importante na geração de renda no campo, especialmente para as pessoas que trabalham na agricultura familiar. Na comunidade de Maciel, as mulheres têm se dedicado a transformar retalhos em peças de artesanato, com apoio do Governo de Minas, através da Emater-MG.

Há cerca de uma década, a comunidade de Maciel tinha uma carvoaria como principal fonte de renda, mas ela já não existe mais. Com a doação de retalhos e apenas uma máquina para 15 mulheres no início, o projeto de transformar o artesanato em fonte de renda foi costurado com persistência. As técnicas modernas, diversificação das peças e participação em exposições e feiras em diversas cidades foram conquistas alcançadas com o apoio da Emater-MG.

Além do artesanato, a Emater-MG também atua na comunidade com orientações técnicas para o cultivo de bucha vegetal e de hortas comunitárias, voltadas para o consumo das famílias e para a merenda escolar. Foram realizadas oficinas de design, bordado e costura criativa para as mulheres da comunidade, visando inovar o artesanato e melhorar as vendas.

Antes, a produção era limitada à confecção de colchas, tapetes e fronhas, mas atualmente o grupo Emendas Artesanais produz bolsas, carteiras, nécessaires e outros itens nesta linha, além de avançarem na produção mais elaborada daqueles primeiros produtos. O artesanato é comercializado em feiras em vários municípios e em Belo Horizonte, além de ficar exposto na Casa de Gonzaga, em Ouro Preto.

A assistência técnica e extensão rural do Governo de Minas é fundamental para a comunidade, de acordo com a artesã Lucia Bento. Ela reconhece que sem esse apoio, o artesanato não seria reconhecido e valorizado. A Emater-MG desenvolve ações para impulsionar o artesanato e o turismo rural em todo o estado, visando a valorização da história e da identidade local, trazendo cada vez mais jovens e mulheres para esse trabalho.

Com o investimento em capacitação, o próximo passo é impulsionar as vendas nas redes sociais e outras plataformas online. O artesanato de Maciel já é destaque em vários lugares e com mais investimentos, pode alcançar um público maior e gerar ainda mais renda para a comunidade.

[ad_2]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *